Post Aleatório . 24-07-2011

Pleased to meet me

Vou fazer uma analogia deveras nonsense: as pessoas acham que gatos são desapegados e independentes, que companheiro mesmo é cachorro. Pois bem, neste exato momento a Miu está mordendo meu braço de leve – conhecendo a gata, sei que ela está pedindo um tipo muito específico de carinho, no...

+ Leia na íntegra

Status Update

Categorias: Terapia

Tags: , , , , , , , ,

Postado por Lux em: 26-08-2015

0

Tô liberada pra voltar a andar de moto, com calma, mas já posso :)

Estou começando a conseguir focar nas coisas (aka ler livros, assistir filmes e séries, ouvir música, trabalhar). Olha só, 50 dias de tratamento pra conseguir ver um filme!

Redescobri prazer em algumas coisas bobas e inusitadas.

Estou abandonando meu lado pragmático e virando alguém que, assumidamente, não sabe nada, não conclui nada (exceto no trabalho, claro).

Devo evitar novos compromissos e qualquer tipo de responsabilidades desnecessárias (sorry ppl, mas qq coisa que possa gerar cobrança, expectativas ou stress, no momento, está totalmente fora de questão).

Plano de vôo (remédios e terapia) do meu tratamento segue em frente inalterado, pq está funcionando. Basicamente, como postado recentemente, #BluePill, #Esctasy e o remédio baixado via #Torrent.

Os riscos de efeitos colaterais são só episódios maníacos e insônia crônica (quase nada), mas acredita-se que não vá rolar.

Full force ahead.

#LuluxNaTerapia

P.S.: Ontem deu vontade de comer o meu analista com garfo e faca. Eu li em alguns textos que a transferência é saudável, quando o analista sabe usá-la a favor da terapia. Tendo a concordar com essa linha de pensamento, porque tenho aprendido coisas sobre isso, através disso. Vamos ver como isso evolui.